quarta-feira, 19 de maio de 2010

NOVA PUBLICAÇÃO SOBRE A VELHA PRÁTICA NA AMAZÔNIA... LEIAM...

Puente Entre Culturas y CEADESC, con el apoyo de Both Ends y Rainforest Foundation, anuncian su nueva publicación: El Dilema Amazónico “la construcción de Mega-represas en el Río Madera”

Descargable en:

http://puenteentreculturas.org/es/images/stories/dilamazonico.pdf

Muchos saludos

Enrique Laats

EM DEFESA DE QUEM DEFENDE A VIDA...

Comitê Metropolitano Xingu Vivo para Sempre protocola documento em defesa do Ministério Público.

No dia 18 de maio de 2010, esteve presente na sede do Ministério Público do Estado do Pará, em Belém, Marquinho Mota, Assessor de comunicação da Rede FAOR e participante do Comitê Metropolitano do Movimento Xingu Vivo para Sempre, para fazer a entrega e o protocolo junto ao Conselho Nacional do Ministério Público e a Corregedoria do Ministério Publico do Estado de uma Moção de Solidariedade ao Procurador Rodrigo Timóteo e do Promotor de Justiça Raimundo Moraes, assinada por 51 ONGs, associações, movimentos indígenas, sociais e ambientais, movimento negro e de Mulheres, Sindicatos além de 35 pessoas físicas dos mais variados cantos do Brasil. Tanto Timóteo como Moraes, foram denunciados recentemente pela Advocacia-Geral da União (AGU) através de uma reclamação disciplinar no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), em decorrência da atuação que tiveram na defesa dos interesses da sociedade durante o processo de realização das chamadas audiências públicas para o licenciamento ambiental da usina de Belo Monte, na Volta Grande do Xingu, no Pará.

Os dois promotores são reconhecidos por sua atuação firme e corajosa em defesa dos interesses difusos da sociedade, sempre de acordo com os limites estabelecidos pela Constituição. Logo, a acusação de que agiram de forma "irresponsável e insidiosa" durante a farsa daquilo que o governo e os empreiteiros chamaram de audiência pública, como a realizada em Belém no último 15 de setembro, é uma falsificação grotesca da realidade. Ao contrário, quem agiu naquele momento e continua agindo de forma "irresponsável e insidiosa" são aqueles que tudo fazem para criminalizar a combativa resistência dos membros do MP que apenas clamam pelo respeito à Lei, exigindo a ampliação do debate sobre os impactos ambientais gravíssimos e irreversíveis que Belo Monte pretende provocar nesta já tão espoliada região.

Vale lembrar que a audiência pública como quer fazer crer o Governo Federal, constituiu-se em uma verdadeira farsa. O local do evento foi trocado (por um menor), o que dificultou o acesso da população; os militares da Força Nacional foram chamados para intimidar e reprimir os manifestantes contrários à construção da barragem; os indígenas e os militantes do MST foram impedidos de entrar, em um primeiro momento, sob a acusação de portarem armas (as lanças e as varas das faixas). Chegou-se ao cúmulo de ser formada uma parede humana, dentro do auditório, com os militares da Força Nacional perfilando-se como uma barreira, separando a população dos componentes da mesa.

A Representante do CNMP, disse que é “muito bom quando ouvimos declarações de apoio aos MP’s, pois não agimos de maneira impensada. Somos a voz da Sociedade e estaremos sempre lutando para o cumprimento da Constituição Federal”

Durante a audiência foi entregue ainda o “Manifesto do Comitê Metropolitano do Movimento Xingu Vivo em Defesa do MPF e MPE” onde o Comitê mais uma vez reafirma que “continuará atuante e vigilante, defendendo a atuação do MPE e MPF no que diz respeito a Belo Monte, e principalmente defendendo a vida, a floresta e os povos amazônicos.”

VÍDEO DO DESCASO PARA COM AS LIDERANÇAS DE ATINGIDOS...

ESTE LINK LEVARÁ AO VÍDEO QUE DESTACA O DESCASO DO CONSÓRCIO ENERSUS PARA COM OS ATINGIDOS POR UHE JIRAU, PREVIAMENTE ACERTADA MAS QUE NÃO ACONTECEU PORQUE OS ENVOLVIDOS NÃO APARECERAM... É MOLE...

Parabéns ao site www.rondoniaovivo.com

USINAS - Representantes de movimentos e associações de Mutum e ribeirinhos levam "cano" de consórcio de Jirau - Vídeo

QUEM ESTE DEPUTADO REALMENTE DEFENDE!?

VIAJANDÃO - Deputado federal denuncia ameaça de invasão "terrorista" à usina de Jirau - Quarta-Feira , 19 de Maio de 2010

Filhos do deputado Moreira Mendes mantém contrato milionário com a Usina de Jirau, através da RGR Eventos. Também foi a empresa de seus herdeiros que contratou e trouxe a cantora Rita Cadilac para um show erótico para milhares de barrageiros em Jirau. (Clique aqui e veja vídeo do show). Agora o deputado afirma uma sandice em Brasilia, colocando os rondonienses como terroristas. Cabe ao leitor imaginar a serviço de quem o deputado está.

O deputado Moreira Mendes (PPS) denunciou hoje na tribuna da Câmara uma suposta ameaça de invasão à usina hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira. Com base em informações sigilosas, ele afirmou que um grupo, liderado pelo Movimento de Atingidos por Barragens (MAB), estaria preparando a invasão para a próxima sexta-feira, 21, em represália ao consórcio responsável pelas obras.

De acordo com Moreira, as informações são de que o grupo – que envolveria índios Kaxarari, garimpeiros, comunidades dos distritos de Nova Mutum e Extrema e o próprio MAB - já teria até mapeado os pontos estratégicos da obra, como o paiol de explosivos utilizados para dinamitar as rochas, a planta de combustíveis e as centrais de refrigeração (onde é armazenada a amônia).

“(Isso) demonstra que se trata de uma ação planejada, arquitetada nos mínimos detalhes, a fim de produzir o maior impacto possível”, apontou.

Ele disse ainda que a primeira ameaça concreta da provável invasão foi formalizada através de uma carta entregue ao consórcio pelos índios Kaxararis, no final de abril, dando um ultimato para que, num prazo máximo de 30 dias, fosse formalizado um acordo. “Como as negociações não avançaram satisfatoriamente, esses grupos estariam fomentando a idéia de invasão”, relatou Moreira, acrescentando que “nunca existiu índio lá dentro, se tem índio agora, é índio emprestado”.

O deputado ressaltou que não está “questionando o direito de quem quer que seja, mas quem tem legitimidade para discutir este assunto são os moradores das localidades atingidas pela barragem”, e não poupou críticas ao MAB: “É inadmissível que uma organização como essa venha dar ‘pitaco’ onde não foi chamada”, disse ele.

Estrangeiros

Para Moreira, a presença de um representante da Secretaria Nacional de Articulação Social nas reuniões realizadas em Porto Velho e Nova Mutum entre o consórcio e os moradores, no último dia 5, prova que a denúncia de invasão procede. “O envio de um representante do Governo Federal a esse encontro em Rondônia foi motivado pelas informações da ABIN – Agência Brasileira de Inteligência, que detectou o problema e o cenário que estava se desenhando”. Ele também considerou estranha a presença de integrantes das organizações não governamentais Sherpa (francesa) e WWF (Fundo Mundial da Natureza), além de um repórter e um fotógrafo sueco.

“A situação é grave e exige que os órgãos de segurança do governo federal tomem todas as medidas necessárias para se evitar um confronto. É algo que não interessa ao consórcio construtor das barragens do rio Madeira e muito menos às comunidades locais, que são formadas por pessoas de bem”, concluiu o deputado que também foi muito "amigo" da Termonorte, Usina Termeletrica na época de sua construção.

fonte: http://www.rondoniaovivo.com.br/news.php?news=63209

terça-feira, 11 de maio de 2010

A MÚSICA PULSA EM DEFESA DA AMAZÔNIA...















Para quem perdeu... que não foi... que deixou de ir ao Mercado Cultural no último sábado dia 08/05/10, vejam por esta foto o que foi o grande encontro destes maravilhos@s artistas da nossa grande amazônia...
eu fui! curti Nilson Chaves do PA, Zé Miguel do AP, Graça Gomes do AC, Eliakin Rufino de RR, Célio Cruz do AM e Bado de RO...
curti "a geração da gente", "pérola azulada", "parichara", "dona arara" e tantas outras...
esta fotinha pra matar ou despertar saudades!!!
vai um videozinho com muita emoção...
video

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Chamado do Madeira - 1

OUTRO OLHAR- Ribeirinhos expulsos pelo Complexo Madeira

Usinas do Madeira - Reportagem Jornal da Globo (19.08.09)

Obra Usinas Do Madeira

Rio Madeira Vivo em português

usinas do rio madeira coletiva contra liberação

TEASER - BARRAGENS NO MADEIRA

Xingu: porque não queremos Belo Monte / Versão resumida

Xingu Vivo Para Sempre 2