sexta-feira, 10 de junho de 2022

UM SONHO POSSÍVEL PARA NAVEGAR COM ENERGIA SOLAR - RABETA SOLAR !

 MONTANDO UM SONHO MOVIDO A ENERGIA SOLAR


O CERPRO - Comitê de Energia Renovável de Porto Velho RO, por meio do Instituto Madeira Vivo- IMV, com apoio do Fundo Socioambiental CASA, está tirando do papel um sonho possível, que é colocar pra navegar com o "Rabeta Solar", barco movido a motor com élice fixado numa varão de ferro, de onde tira-se o nome de rabeta, que movido pela energia de um motor, com queima de combustível fóssil ou não, gera força e movimento da embarcação.

Neste caso específico, o desafio vem em colocar um barco tamanho familiar, com base na população indígena e ou ribeirinha de nossa região, para navegar com um motor elétrico movido a energia solar. Essa opção tem o caráter de demonstrar sua viabilidade, considerando a diminuição de emissão de poluentes nos rios, com a queima de combustíveis e contaminantes das águas.

A proposta vem desde 2018, mas em 2021 essa ideia foi moldada num pequeno projeto, que em articulação com desenvolvedores de tecnologias apropriadas na cidade de Ji Paraná, se configurou neste projeto do Rabeta Solar, sob a coordenação de Gladimir e sua equipe.

As imagens são dos passos iniciais deste processo, que já teve momento anteriores, quando os desenvolvedores levaram o motor de 2Hp para testes e se decidiu por um motor de 3Hp. A aquisição de uma embarcação tipo voadeira com seu suporte de transporte, permitiu avançar este processo, a qual recebeu o nome de "RAIO DE SOL". 

Breve teremos mais imagens para demonstrar a consolidação deste proposta.













quinta-feira, 31 de março de 2022

POVO TENHARIM EXIGE DIREITOS EM PROCESSO DE LICENCIAMENTO DA UHE TABAJARA

 POVO TENHARIM MORONGUITÁ DO SUL DO AMAZONAS EXIGEM DIREITOS


Por meio de Carta protocolado junto à Funai em Brasília, o Povo Tenharim do sul do Amazonas afirma que em tempo de pandemia, associado a não inclusão de terras indigenas em estudo que busca viabilizar o projeto hidrelétrico UHE Tabajara no rio Machado em Rondônia, tentar seguir com processo de licenciamento com base em estudos incompletos e excludentes, é clara violação de direitos Constitucionais e que fere direitos internacionais como a Convenção 169 da OIT.

Para mais detalhes, leiam documento abaixo protocolado no DELIC Funai BSB.




domingo, 27 de março de 2022

COLETIVO MURA DE PORTO VELHO EM AÇÃO NO LAGO MARAVILHA





Registros da Ação do projeto Mulheres Guardiãs do Lago Maravilha com apoio do Fundo Socioambiental CASA, IMV, Núcleo RO do FMCJS e COMVIDA neste dia 27 de março, em sintonia com o Fórum Alternativo Mundial da Água- FAMA no Senegal, para limpar o lago Maravilha e conscientizar os moradores de entorno…

A ação levou toda parte da manhã e mais de 200kg de lixos foram resgatados e depositados em lixeira na Vila DNIT.

Em todo o percurso da CANOADA EM DEFESA DO LAGO MARAVILHA, que contou com 4 canoas e 15 pessoas, foi possível perceber o quanto as pessoas não se preocupam com a vida dos peixes e demais seres das águas.

O encontro das Mulheres Guardiãs do Lago Maravilha também foi momento de autoafirmação indígena, pelos diálogos coordenados por Márcia Mura e contou com Déba Takana, que registrou juntamente com Tanan Mura todo o processo...

Eliel Cunha da Central de Movimentos Populares chegou trazendo na garupa de sua bicicleta dona Sueli, liderança do bairro Maravilha 2 que, assumiu conjuntamente a defesa do Lago Maravilha e remou muito.

Dona Conceição, liderança e moradora desde criança às margens do Lago Maravilha, animou e nos motivou nesta ação por sua garra.

Pelas Águas, pela Vida, remamos e recolhemos sinais de mortes, anunciando aos moradores do entorno e pescadores de que estes tem compromisso em dar continuidade com a limpeza do Lago...

















AÇÕES EM DEFESA DAS ÁGUAS COMO PORTADORAS DE DIREITOS

 SÃO TANTAS ÁGUAS...SÃO POUCAS ÁGUAS


O Instituto Madeira Vivo- IMV, segue o curso das águas... segue os banzeiros da vida... segue a força das águas ancestrais banzeirando ações coletivas em lado brasileiro e boliviano...

Temos compostos articulações necessárias para dar seguimento neste processo de mobilização social, de conscientização e de realizações que demonstram pelas boas práticas, que é possível fazer valer nosso sonho de uma Amazônia possível...

Essas realizações contaram com apoio do Fundo Socioambiental CASA, MISEREOR e FMCJS...

ação das Guardiãs do Lago Maravilha 27\03\22 em Porto Velho



Ação Dia Mundial da Água binacional dia 22\03\22 em Guajará Mirim







Ação de Agroflorestamento na resex do rio Ouro Preto Guajara Mirim 23\03\22



Ação Despejo Zero em Porto Velho 17\03\22.


Ação pelo Dia Internacional pelos Rios Vivos e Livres de Barragens em Guayaramerin\Bolivia 14\03\22



Navegando pelo rio Madeira, sua beleza e contradições...






Encontros nas barrancas do rio Madeira - Nazaré, Pvh


Ação de instalações de sistemas de bombeamento de água com energia solar fotovoltáica em comunidades indígenas e extrativistas... fev\22 - Guajará Mirim



Ação binacional em espaço boliviano em favor de água potável em comnidade ameaçada por hidrelétrica Cachuela Esperanza...


Ação em Nazaré, comunidade Lago do Peixe Boi na promoção de água potável com energia solar fotovoltáica com apoio do FMCJS - dez\21